Por que pessoas aderem à Cientologia?

A fim de descobrir o que é Cientologia, quem foi seu fundador e o que eles não querem que você saiba, recomendo a leitura dos posts indicados no índice do blog.

 

sos-cv1.gif

 

O livro ‘O Escândalo da Cientologia’ (The Scandal of Scientology), de 1971, escrito por Paulette Cooper, traz em sua conclusão um estudo sobre as razões que levam uma pessoa a aderir à Cientologia, apesar de tudo que sabemos. Trata-se de uma análise bem sucedida, que mostra com uma linguagem simples, como uma seita tão maléfica atrai e mantém seus seguidores.

L. Ron Hubbard e Mary Sue Hubbard já morreram (na verdade, Hubbard abandonou seu corpo, por livre e espontânea vontade, para continuar seus estudos pelo universo afora), mas sua política continua sendo aplicada.

CONCLUSÃO

Neste livro, eu tentei explicar no que os cientologistas acreditam, o que eles fazem, como a Cientologia começou e está se expandindo, e o que acontece com uma pessoa no momento em que ela adere à Cientologia. Uma questão que eu ainda não respondi e que é frequentemente perguntada à mim — “por que pessoas aderem à Cientologia?

Em primeiro lugar, eles não leram este livro — ou qualquer outra coisa que realmente os informe sobre o grupo. A maioria das pessoas que participaram de uma leitura introdutória ou visitaram a Org apenas por curiosidade não sabem nada sobre: as pessoas que aderiram já aderiram e descobriram que suas dificuldades emocionais foram agravadas ao invés de aliviadas; as pessoas que gastaram milhares de dólares com a Cientologia em um ano; e as pessoas que foram assediadas após abandonar (a Cientologia). Os cientologistas têm feito tudo que é possível para manter essas histórias em segredo. Eles não apenas processaram e assediaram que tem falado publicamente contra o grupo, mas eles também tentam desacreditá-las “revelando” seus supostos crimes em detalhes sensacionalistas e absurdos.

Ao mesmo tempo em que as pessoas que aderem à Cientologia geralmente não tem uma chance de ouvir os críticos da Cientologia, eles também não ouviram os próprios cientologistas ainda. Eles não sabem de verdade o que a Cientologia tem a oferecer ou o no que eles estão se metendo. Aqueles que aderem ao grupo perdem um grande tempo antes de descobrir no que os cientologistas realmente acreditam, sobre os processos de audição da Cientologia, ou até mesmo que existe um processo de audição. Isto porque os cientologistas são muito evasivos sobre suas atividades, geralmente respondendo (ou evitando) questões sobre o que é Cientologia ou que os cientologistas fazem com depoimentos do tipo “é maravilhoso.” “irá te libertar,” e “você deve testar por você mesmo.” De fato, as pessoas deverão experimentar por si mesmo por um bom tempo antes de descobrir o quanto elas se tornaram envolvidas financeiramente e emocionalmente.

Algumas vezes, quando isso acontecer, elas estarão envolvidas demais para sair. Quanto mais fundo uma pessoa vai na Cientologia, mais fundo terá que continuar. Quanto mais cursos ela participar, mais tempo terá que passar com cientologistas. Quanto mais tempo ele passar com seus novos amigos, menos tempo irá passar com seus velhos amigos.

Se essa pessoa sai de seu emprego e vai trabalhar para a Cientologia, como muitos fazem, ela rapidamente se verá vivendo e trabalhando apenas para a Cientologia, passando seu tempo somente com cientologistas, e, como muitas pessoas que a conhecem irão descobrir, falando somente de Cientologia.

Mas ao passo que isto pode explicar porque eles permanecem lá, isto não explica sua atração inicial pelo grupo. Eu acho que uma coisa que atrai as pessoas para o grupo é sua aparência. Ela parece ser religiosa (ministros, roupas de cléricos, etc.) Ela parece ser científica (Cientologia). Ela parece estar envolvida com tecnologia (o E-Meter). Ela parece ter um corpo filosófico de conhecimento (textos de Hubbard). Outra coisa que atrai é a aparência de algumas pessoas (cientologistas). Agora pode parecer que que os cientologistas tem olhar de louco, falam uma linguagem maluca, e agem como se fossem alienígenas, geralmente a impressão inicial que a maioria das pessoas tem quando entram em uma Org é de pessoas jovens, atraentes e geramente inteligentes. Ainda mais, muitos desses jovens são descompromissados, para que as pessoas solitárias e sozinhas sejam atraídas para a vida social da Cientologia. Algumas pessoas aderem à Cientologia porque eles já encontraram seu parceiro(a) – uma pessoa que era ou se tornou cientologista. Alguns dos cientologistas mais ardorosos admitiram que eles aderiram inicialmente ou se tornaram interessados no grupo porque seus maridos/mulheres ou amados eram cientologistas e a única forma de continuar a ver esta pessoa, ou ter algo em comum com elas, seria eles mesmos aderirem ao grupo.

Além dos que aderem porque estão procurando um parceiro(a), muitas pessoas aderem porque estão procurando um grupo ao qual podem realmente pertencer e ser parte. Cientologia é realmente uma grande família. Hubbard, é claro, é o pai, e sua esposa faz o papel da mãe. Cientologistas são crianças que, se forem boazinhas, serão cuidadas; se forem más, e protestar ou questionar qualquer coisa, o pai dirá que elas serão expulsas da unidade familiar. Tudo em suas vidas é planejado para elas. Há certos cursos que elas terão que fazer e certos objetivos que terão que alcançar em cada curso. Se eles desobedecerem, ou relutar em qualquer nível, as punições serão rigidamente aplicadas. Felizmente para os cientologistas, Hubbard trata suas crianças com bondade, desde que elas nunca cresçam e tentem sair de sua casa.

Como qualquer grupo familiar, ou qualquer outro grupo de fato, a Cientologia preenche algumas das necessidades de seus membros. Alguém com um grande desejo de ser respeitado por outros pode facilmente se tornar um ministro da Cientologia e ser tratado com a reverência geralmente concedida aos homems de batina. Alguém com sentimentos de inferioridade intelectual acredita que pode ter seu Q.I. aumentado pela Cientologia, e pode, de fato, obter um bacharelado ou doutorado em Cientologia. Alguém que se sinta só tem um lugar para ir e amigos para visitar quando ele aderir à Cientologia. A Cientologia traz sentido onde havia apenas vazio na vida de alguém.

O homem que eu descrevi no primeiro capítulo que disse que antes de descobrir a Cientologia ele costumava mentir e fica olhando para o teto pode não ser muito diferente de outros que aderiram. Mas agora aquele homem tem um lugar para ir e alguma coisa para fazer. Pessoas entendem o que ele diz porque ele está falando a língua delas. Pessoas olham diretamente para seus olhos quando ele fala com elas. Pessoas gostam dele porque ele tem os mesmos objetivos. O mais importante – agora ele tem alguns objetivos. Ele está trabalhando duro para trazer todo mundo para a Cientologia para que juntos possam salvar o mundo. Seria um objetivo louvável, também, mas tem um porém: a ninguém é permitido discordar ou criticar a maneira com a qual os cientologistas irão salvar o mundo.

Ao final das contas, o que a Cientologia tem a oferecer é meralmente seu tratamento ou processamento. Eles acreditam que é o nosso único caminho para a salvação. Os cientologistas gostam de dizer que não pode haver dois lados da verdade. Já que eles acreditam que encontraram a verdade, aqueles que discordam com eles estão errados. Talvez. Algumas vezes quando eu estou mais cética a respeito de seus métodos, eu me recordo do que um cientologista disse (como sempre usando números inflacionados) sobre o número de seus seguidores: “quinze milhões de pessoas não podem estar erradas.” Mas a história muitas vezes provou o contrário.

‘Muitas das teorias e ensinamentos da Cientologia são tão ilusórias que a reação de um indivíduo normal ao ouvi-las é geralmente de diversão e incredulidade… a impressão pode existir… que a Cientologia é somente um disparate inofensivo e seus seguidores meramente pessoas estranhas, que suas teorias são insensatas mas engraçadas e que não há problema algum em deixar pessoas bobas ter suas crenças bobas e continuar com suas práticas bobas. Tal atitude é bem vinda pelos cientologistas, porque ela serve para obscurecer a real natureza da Cientologia. — do Australian Report Incredulity de outra data e validade. Este é o nosso bem mais valioso e nos dá mais proteção do que qualquer outro bem individualizado. Se determinados grupos pensassem que nós eramos reais nós teríamos infinitamente mais problemas… sem a incredulidade do público nós não teríamos chegado tão longe quanto chegamos. E agora é tarde demais para sermos parados. A proteção foi acidental mas nos serve muito bem na realidade. Lembrem-se disto da próxima vez que os ignorantes fizerem escárnio.’ — L. Ron Hubbard.”

Para saber o que aconteceu com Paulette Cooper após publicar o livro e o que ela está fazendo hoje, clique aqui. Para saber como o Governo dos Estados Unidos descobriu mais este crime da Cientologia, clique aqui.

Não esqueça de ler também sobre o grande segredo da Cientologia.

Anúncios

One thought on “Por que pessoas aderem à Cientologia?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s