Revista Superinteressante: Nos Embalos da Cientologia

Clique AQUI para abrir o índice dos posts mais importantes a respeito da organização criminosa autodenominada religião (O que é Cientologia, Dianética, Quem foi seu fundador L. Ron Hubbard, O Grande Segredo da Cientologia)

Revista Super Interessante n°. 254 (Julho de 2008)

A Revista Super Interessante, em sua edição 254 de julho de 2008, traz uma interessante matéria a respeito da seita da Cientologia (Church of Scientology).

Há alguns pontos a serem atualizados, mas seu conteúdo é bastante esclarecedor. Tomei a liberdade de inserir alguns links de outros posts deste blog que se referem ao assunto discutido na matéria.

Parabéns para a equipe da matéria e para a revista Super Interessante.

Xenu, Tom Cruise, John Travolta e Katie Holmes

Lorde Xenu, Tom Cruise, John Travolta e Katie Holmes

NOS EMBALOS DA CIENTOLOGIA

Viagens espaciais, aliens, poderes paranormais, brigas na justiça e muito dinheiro. Como a religião criada por um escritor de ficção científica conquistou as estrelas de Hollywood e deu origem a um império de R$ 800 milhões.

Texto: Rafael Tonon
Design: Josi Campos
Ilustração: Rômulo Pacheco

75 milhões de anos atrás, o Universo estava superlotado. Para resolver o problema, o imperador galático Xenu decidiu apelar para o genocídio. Fez trilhões de prisioneiros, trouxe-os até a Terra em naves espaciais e jogou bombas atômicas para acabar com todo mundo. Só que as almas desses seres, chamados thetans, ficaram vagando por aqui até encarnar nos primeiros Homo Sapiens. E esse é o motivo de todos os conflitos e angústias da humanidade. Parece um roteiro de filme B, mas é o fundamento de uma religião: a cientologia, que ficou famosa nos EUA como “seita das celebridades“. Com o astro Tom Cruise na função de vice-líder, a seita tem ou já teve como adeptos, entre outros, as atrizes Juliette Lewis, Nicole Kidman e Nancy Cartwright (que faz a voz do personagem Bart Simpson), os atores Will Smith, John Travolta e Christopher Reeve, o cantor Beck e até o comediante Jerry Seinfield – que, mesmo ironizando a cientologia em sua série de TV, admitiu ter feito cursos ministrados pela seita. Por trás de todo esse glamour, existe um lado negro. Acusações de corrupção, lavagem cerebral, conspirações contra dissidentes e uma briga feroz contra a internet (os ensinamentos da cientologia são secretos, e a seita faz de tudo para evitar que caiam na web). Mas como uma religião tão estranha conseguiu um império de R$ 800 milhões, que diz ter adeptos em 156 países? O que realmente acontece nos cultos da cientologia? E por que ela faz tanto sucesso em Hollywood?

Linha do Tempo Ciência X Cientologia (clique para ampliar)

Linha do Tempo Ciência X Cientologia (clique para ampliar)

A seita começou a tomar forma em 1950, quando Lafayette Ron Hubbard publicou o livro Dianética – A Ciência da Saúde Mental. A obra inaugurou o ramo editorial da auto-ajuda, foi um grande sucesso de vendas e fez a fama de Hubbard. O livro diz que o homem é um ser imortal e que o caminho para a felicidade está em apagar da memória as experiências negativas (chamadas de “engramas”) que encontra durante a vida. “A mente armazena todas as coisas ruins que aconteceram a uma pessoa para, mais tarde, lançá-las novamente sobre ela, gerando as neuroses, psicoses e excentricidades de personalidade”, escreveu Hubbard. No livro, o autor anuncia a descoberta do que ele chama de mente reativa, uma parte do cérebro que age abaixo do nível da consciência, influenciando nossos medos, inseguranças e comportamentos irracionais. Nosso sofrimento é causado por essa mente reativa, e eliminando a dor dessa área podemos ficar mais inteligentes e viver melhor.

Hubbard ganhou um bom dinheiro com o livro, mas não ficou satisfeito. Ele queria ficar muito rico. Num encontro de escritores de ficção científica, soltou a seguinte frase: “Se você deseja se tornar milionário, a maneira mais rápida de isso acontecer é fundar sua própria religião.” Elementar. Em 1954 foi inaugurada a primeira igreja da cientologia, na Califórnia, com o dinheiro já ocupando um papel central: era preciso pagar para entrar na seita, e quem trouxesse novos adeptos ganhava uma comissão de 10% sobre tudo o que eles gastassem com a cientologia. Logo em seguida, começou a busca de gente famosa. Hubbard acreditava, com razão, que o envolvimento delas poderia trazer credibilidade e novos fiéis. Em 1955, ele instituiu o Projeto Celebridade, que orientava seus seguidores a recrutar estrelas do showbiz e dos esportes. A cientologia começou a dar cursos gratuitos aos famosos e construiu os Celebrity Centers, centros de estudo que só os vips poderiam freqüentar. A seita pegou entre os famosos porque, além de assediá-los, também apela para a vaidade. Ela não tem uma divindade superior e acredita que cada indivíduo pode se tornar seu próprio deus. “A cientologia diz que, quanto mais os thetans são exorcizados do corpo, mais você se torna você mesmo. É um credo egocêntrico, e por isso os atores gostam dele”, diz Peter Alexander, ex-diretor da Universal Studios e ex-integrante da seita.

Os cientologistas fazem encontros e congressos, mas não rezam. A principal atividade da seita está nas chamadas auditorias. Elas são sessões de terapia em que o fiel conta episódios dolorosos de sua vida a um auditor, que é um cientólogo mais graduado. A seita acredita que falar sobre acontecimentos desagradáveis ajuda a pessoa a limpar sua mente, aliviando a angústia. Até aí, nada muito diferente de uma sessão de psicanálise ou de confissão católica.

Só que a cientologia promete, como seu próprio nome sugere, um fundamento científico. Para acelerar o processo de limpeza, ela criou e utiliza um aparelho conhecido como eletropsicômetro (ou E-Meter, em inglês). O fiel segura duas barras de ferro, que conduzem uma corrente elétrica imperceptível. Enquando ele responde a perguntas sobre sua vida (do tipo “você já prejudicou alguém intencionalmente?”), o aparelho mede a chamada resposta galvânica, ou seja, a resistência que a pele impõe à passagem da corrente elétrica. Essa resistência muda em situações de estresse, o que supostamente permite inferir se a pessoa está mentindo. É o mesmo princípio empregado no polígrafo. O auditor usa essas informações para identificar quais assuntos merecem ser aprofundados durante as sessões. Tudo isso, é claro, custa dinheiro. Ao todo, acredita-se que seja preciso gastar mais de US$ 500 mil para chegar aos níveis mais avançados da seita – em que o fiel supostamente adquire poderes paranormais, como a capacidade de mover objetos com a força da mente e se comunicar de forma telepática. Quando chega a hora de conhecer os ensinamentos mais secretos da cientologia, os adeptos passam por um verdadeiro ritual. Recebem um dossiê e uma chave para entrar numa sala secreta onde podem ler, em um papel escrito pelo próprio Hubbard, a suposta verdade sobre a origem do homem (a história sobre Xenu e os thetans). Mas, antes de ler esse texto, são avisados: estão sujeitos a multas e processos caso revelem as informações. Afinal, se a cientologia cobra caro para revelar seus ensinamentos, é fundamental mantê-los em segredo.

Teoria da Conspiração

No final dos anos 60, Hubbard criou uma força-tarefa para combater o vazamento de informações e intimidar os críticos da cientologia. Sua doutrina de defesa ficou conhecida como fair game (“jogo justo”, em inglês), mas de justa não tem nada. Vale tudo para proteger a seita: fazer ameaças de morte, forjar documentos, caluniar seus inimigos (principalmente acusando-os de crimes sexuais). Para Hubbard, era aceitável mentir para defender a seita. O próprio filho de Hubbard, Ronald DeWolfe, declarou certa vez: “Ele é um dos maiores trapaceiros do século.” A escritora Paulette Cooper foi a primeira a sentir a ira dos cientólogos. Depois de lançar o livro The Scandal of Scientology, que acusa a seita de enganar os fiéis, ela sofreu 19 processos por calúnia, foi vítima de uma tentativa de assassinato e acabou indo para a cadeia por causa dos cientologistas, que forjaram ameaças de bombas atribuídas a Cooper. A escritora ficou 6 anos atrás das grades e só foi solta quando, em 1977, o FBI fez uma batida nos escritórios da cientologia e encontrou documentos provando que tudo havia sido uma conspiração. No início da década de 1980, 11 cientologistas do alto escalão, incluindo a esposa do guru Hubbard, foram presos e acusados de ter instalado escutas clandestinas em mais de 100 empresas e escritórios do governo.

Não foi a primeira nem a última vez que isso aconteceu. Não é raro ler, na imprensa dos EUA, histórias sobre a infiltração de membros da cientologia em agências governamentais, jornais, associações psiquiátricas e todo tipo de organização considerada inimiga dos cientólogos. “É provávelmente a seita mais inescrupulosa, terrorista, litigiosa e lucrativa que já existiu“, criticou, em uma reportagem da revista Time, Cynthia Kisser, representante da Cult Awareness Netword, entidade que ajuda vítimas de seitas religisosas nos EUA (*nota do blog: o Cult Awareness Network não suportou os custos dos incontáveis processos movidos pela organização, e hoje é controlada por aquela que a destruiu, ou seja, a seita da cientologia*). Por falar em Time, a revista também já foi processada pelos cientólogos, que pediram uma indenização de US$ 450 milhões. O caso foi anulado pela Justiça, que defendeu a liberdade de expressão da revista.

PELOS PODERES DE XENU

Os materiais sagrados da cientologia foram parar onde ela mais temia: a internet. No começo deste ano, ex-adeptos da seita publicaram na rede centenas de páginas de documentos e um vídeo de treinamento cientológico estrelado pelo ator Tom Cruise (adepto da cientologia desde 1986). Os cientólogos contrataram um batalhão de advogados e gastaram mais de US$ 1,5 milhão para tentar tirar da web as informações secretas. A princípio, deu certo: o vídeo sumiu do YouTube. Mas isso despertou a fúria de alguns hackers, que recolocaram o vídeo na rede e formaram um grupo que promete revelar os segredos da cientologia: o Anonymous (“Anônimos”, em inglês). “Nós queremos provar que eles não podem mandar na internet”, diz um suposto integrante do grupo. Os cientólogos ameaçaram processar os hackers por intolerância religiosa. Mas como combater pessoas que você não sabe quem são? Nem com a ajuda do lorde Xenu! A cientologia perdeu a batalha. A seita, que chegou a ser banida da Alemanha, da Inglaterra, da Espanha, da França e da Austrália, chegou ao Brasil em 1994. Ela possui dois centros em São Paulo e um em Jundiaí, no interior do estado. Segundo os cientólogos, já foram vendidos no Brasil cerca de 15 mil exemplares dos livros de Hubbard. “Esse número vem aumentando todos os anos”, afirma Simone Rocha Volpe, da Associação Brasileira de Dianética, espécie de sucursal brasileira da cientologia. Ela nega todas as acusações contra a seita e insinua que os inimigos da cientologia são malucos. “Há certas características mentais, presentes em 20% da população, que fazem as pessoas se opor violentamente a qualquer atividade de melhoramento [espiritual]”, afirma Volpe.

Mas a religião das celebridades ainda é bem pequena por aqui, com poucas centenas de adeptos. Por isso, há quem acredita que a cientologia é superestimada pela mídia. “Ela não tem impacto no Brasil, nem nos EUA, como religião. É uma doutrina sem qualquer inserção cultural ou histórica“, diz Eliane Moura da Silva, professora de história da religião da Unicamp. Seja como for, a cientologia certamente mexe com a cabeça de seus adeptos. Como o próprio Tom Cruise, que tem agido de forma estranha – durante uma entrevista, chegou a pular no sofá da apresentadora Oprah Winfrey e fez declarações comparando a psiquiatria ao nazismo. Isso deu margem a especulações sobre a sanidade mental do ator, mas dentro da seita a repercussão não poderia ter sido melhor: os cientólogos ficaram tão empolgados que alguns chegaram a aventar uma hipótese inacreditável – a filha que o ator teve com sua atual mulher, a atriz Katie Holmes, poderia ser um instrumento para que L. Ron Hubbard, morto em 1986, reencarnasse depois duma jornada de 20 anos pela galáxia. Os cientologistas que acreditam nisso dizem que a reencarnação de Hubbard seria a maior viagem de todos os tempos. Não há como discordar.

DÊ SUA OPINIÃO

Participe do fórum oficial de discussões sobre essa reportagem no website superinteressante.com.br

Clique AQUI para abrir o índice dos posts mais importantes a respeito da organização criminosa autodenominada religião (O que é Cientologia, Dianética, Quem foi seu fundador L. Ron Hubbard, O Grande Segredo da Cientologia)

12 thoughts on “Revista Superinteressante: Nos Embalos da Cientologia

  1. Wow, ficou muito boa a reportagem. E a lúcia whinter já ta chorando la no forum da superinteressante, hehehe.

    Anonymous está onde menos vc espera lúcia…

  2. Olá a todos. Procurem sempre analisar com cuidado cada ataque feito a cada religião, principalmente as que estão tendo destaque, fama e obtendo sucesso. Por exemplo, se você procurar na Web, cada religião, incluindo a SUA, conta com seu exército de inimigos. Estes falam mal e inventam barbaridades da Soka Gakkay, do Satya Sai Baba, do Rajneesh, dos Evangélicos, dos Católicos. Falar qualquer um pode, meus amigos, mas cade as PROVAS?? Alguns ataques possuem fundamento, mas calúnias…SEI NÃO..
    Sem contar na falta de argumentação. É estranho que uma revista conceituada como a Super publique matérias com erros grosseiros e pesquisa superficial coletada na Web apenas, e muito parcial.
    Por exemplo, quer dizer que a Ciência afirma definitivamente que o Universo surgiu do Big Bang? Gozado, pensei que era apenas UMA das HIPÓTESES sendo consideradas:-) É esquisito a Super inserir este dado como sendo provado.
    Quanto aos anonimos, bem…me parecem um bando de adolescentes que não tem mais o que fazer e que saem por aí vestidos com ridículas vestes de terroristazinhos atacando algo que realmente não compreendem. Li certa vez na Internet que estes anonimous babacas foram na verdade criados por líderes religiosos Americanos riquíssimos, muito preocupados com o fato de a cientologia estar conquistando MILHÕES de pessoas em todo o mundo e estar trazendo benefícios reais a pessoas. E aí? Vai dizer que não é assim? Prove! SE estes anônimos quisessem fazer algo de útil, porque não saem por aí atacando religiões que mataram e torturaram milhões (isto sim é PROVADO), religIões onde você tem de dar 10% o que ganha para a igreja, onde se vendem santinhos, relíquias, medalinhas bentas, recuerdos e por aí vai… Religiões com Credos tão absurdos quanto o da Cientologia, dizendo que um Deus de barba criou o mundo. Se você for honesto, verá que TODA religião possui uma cosmogonia absurda, com Anjos(!!???), Demônios (Háhaáhá), o mundo sendo criado em 7 dias e Deus indo “Descansar” no 7º dia. (Comédia esta aí) Pelo que tenho visto, Cientólogos são pessoas realmente preocupadas em fazer algo pela Humanidade neste momento decisivo que atravessamos como planeta, e não ficar com masturbação espiritual, que é o que mais tenho visto ao entrar em igrejas “normais e aceitas” onde a emoção é a Lei. Ah, e pelo contrário, a SUPER publicou um dado errado: Cientólogos são de todas as religiões, de Budistas a Evangélicos, passando por Católicos e Mulculmanos liberais. Cientólogos ACREDITAM sim em Deus e de maneira muito eficaz, não masturbação espiritual nem como muleta psíquica e substituto para a figura do pai. Cientologia, pelo que vi, pretende tornar viável e disponível ao mundo aquela antiga máxima: Homem, Conhece-te a Ti Mesmo…É um sistema de AUTOCONHECIMENTO e de ajuda nas bases da psique humana. Cientólogos são extremamente dedicados a AJUDAR a humanidade, tendo ganhado condecoração dos bombeiros de New York por sua atuação dedicada no 11 de setembro. Onde estavam os panacas dos anônimos enquanto isso? Provavelmente vestindos suas máscaras ridículas e fazendo passeatas. Onde estavam nos Tsunamis, terremotos e outras catástrofes onde a equipe de Cientologia sempre prestou ajuda RÁPIDA e eficaz. Sim, Cientologia é contra os abusos da psiquiatria. Isto é verdade, e se você for esperto e dar uma pesquisada, não vai demorar para encontrar os verdadeiros CRIMES que esta coisa arcaica (psiquiatria) tem cometido. Lobotomias em pacientes com hiperatividade apenas, drogas como Prozac que fazem mais mal do que bem, choques elétricos sendo utilizados até hoje…Sim, a Cientologia é contra e AGE contra isto, e tb contra as drogas que estão devastando a Terra, contra o analfabetismo, contra a violência em regiões de conflito, age na recuperação de criminosos (não na maneira DISTORCIDA ) que os fáceis oponentes apregoam estar ocorrendo. Cientologia está séria a respeito da necessidade planetária, e possui sim, muitos advogados bem treinados para tratar de calúnias e difamações, pois o que está em jogo é grande, queridos amigos. Nem preciso dizer, dê uma olhada nos jornais. O mundo está com problemas, e Cientologia quer AGIR contra isto. Quer um conselho, vá até um grupo de Cientology, assista a palestras gratuitas, leia o livro Dianética, bata um papo e VERIFIQUE POR SI MESMO, NÃO POR REPORTAGENS DISTORCIDAS E OPINIÕES REPLETAS DE INTERESSES (pessoas de outras religiões detestam o sucesso da Cientologia) O fato é: 8 MILHÕES de pessoas aprovam, adoram a Scientology e estão obtendo RESULTADOS…Um punhado apenas se intitulam seus “inimigos” e se divertem em criar inverdades e distorções na Web (pagos por milionários religiosos?) Pois assim que uma pessoa sai de uma religião e entra em outra, a primeira coisa que faz é atacar a anterior. Será que estes relatos não possuem esta origem? Vamos lá, o cara que se jogou pela janela agarrado a dinheiro pois deu tudo que tinha pra Cientologia é RISÍVEL. Vá em qualquer igreja (poderá encontrar o Travolta, ou o Cruise por lá) e verá que ninguém fica te atazanando para comprar nada, nem para pagar nada. O custo de um curso de Cientologia aqui no Brasil está em R$ 125,00 por 10 AULAS. Amigo, isto não paga nem minha academia nem meu curso de Alemão. Você acha isto uma extorsão? Pessoas perderão tempo (10 AULAS) ensinando a você algo útil (perder medo de dirigir, medo de computador, encarar a vida com coragem, melhorar sua comunicação, libertar-se de algum defeito, desenvolver a mentalidade de liberdade, são alguns dos benefícios PRÁTICOS que poderá obter como resultado nestes cursos. Vale a pena? Vale sim. É muito mais barato que qualquer sessão de psicanálise e Funciona! Falar em $, recebi um pacote GRATUITO que chegou dos EUA, com DVD, revista e mais. Estou também aguardando meu cartão de associação IAS gratuito, com assinatura da Revista IAS grátis por 6 meses. Também recebendo outros pacotes GRATUITOS com informações, DVDs, manuais, etc. Tudo GRÁTIS. Claro, tenho de comprar livros (preços MENORES do que os de livraria) e cursos (viu os preços ELEVADÍSSIMOS?) Trata-se de um corpo de conhecimentos especializados e muito aprofundados. Recomendo a todos os interessados em obter uma visão clara que examinem cuidadosamente os fatos, começando assistindo aos vídeos neste site:
    http://pt.scientology.org/?locale=pt_PT
    Veja, analise com mente aberta e DESCUBRA POR SI MESMO OS FATOS SOBRE SCIENTOLOGY. Você vai lá, ninguém te força a nada. Leia o livro Dianética. Se quiser se chamar Scientologist depois, é com você. Ninguém vai pedir dinheiro pra você. Se quiser conversar sobre isto, se tiver dúvidas, se quiser saber mais informações, entre em contato comigo: Marcos email: brasiltravel@ymail.com Abraços e cuidado com os pensamentos preconcebidos e as distorções da verdade que são comuns neste campo…Veja os vídeos aqui:
    http://pt.scientology.org/?locale=pt_PT
    Tom Cruise, John Travolta, Chick Corea, e milhões de pessoas, NÃO estão sendo manipuladas nem sofrendo lavagem cerebral. PELO CONTRÁRIO

  3. Uma instituição que tem como mandamentos: Negar á Deus, Evitar a sociedade, e expulsar os Gays, é no mínimo perigosa. Sem falar em “Mentirás e manipularás”.
    |Isso tudo, é transformar a pessoa em novo Hitler!

  4. O Marcos falou bem em uma parte, “Credos tão absurdos quanto o da Cientologia”. De fato os credos da cientologia são absurdo.
    Não vi em nenhum momento a super afirmar como surgiu a terra, ela apenas usou a teoria do Big Bang como comparativo por ser uma teoria científica, pq usar a de outra religião não faria sentido algum, não é mesmo?
    No mais, até entendo o interesse do Tom Cruise numa religião que promete curar a homossexualidade. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Esse marcos é muito otário é uma mula. Falou mais que a própria matéria e não provou nada.
    Levantou a bola que nao se pode provar sobre o big Bang, mas da própria origem da cientologia não se tem provas.
    Falou que religiões cobram dizimos ou vendem santinhos, mas apoia a venda dos livros e cursos que a cientologia cobra.
    Trata-se de um indivíduo contraditório nas suas próprias palavras, limitado mentalmente, manipulável, não tem senso crítico real e nem vontade própria.
    Os 5km de texto que escreveu so reforçou a idéia que ele e a cientologia é uma das coisas mais repulsivas, bizarras e grotescas dos tempos modernos.
    O cara consegue ser mais tosco que a própria seita.
    Sujeito digno de pena.

  6. (Nossa… o_o que medo do sawyer…)

    Quanto ao texto do marcos, acho que ele tem todo o direito de expressar seu ponto de vista, o qual está, em geral, muito bem colocado… Só acho que gracejar de outras religiões não vai ajudar em nada, afinal, os cientólogos também podem ser delas, como ele mesmo disse… (Acho que respeito é importante, seja de quem a quem)

    Eu conheço uns cientólogos (dois católicos e um judeu, por sinal – eles me disseram uma vez que para ser cientólogo vc não tem que abrir mão de sua religião o_o), e perguntei a ELES o que eles achavam desses mandamentos que escreveram aí…
    Eles disseram que não sabiam se deviam rir ou chorar… rir de tamanho absurdo ou chorar ante a maldade de inventar aquilo dizendo que era da religião deles… (Eles até mesmo me disseram, chateados, que um dos preceitos da cientologia, pelo contrário, é respeitar as outras religiões, e ter integridade) –> ponto pra eles

    E aí me vem um e fala “E a lúcia whinter já ta chorando la no forum da superinteressante, hehehe”

    …nojento.

    Se você for imparcial, e ler os textos dos dois lados… é nojento. Tanto o autor do post na revista como o tal cara anônimo.

    Olha, eu não sou cintóloga, nem tenho religião nenhma, nem nada… Mas tento ser justa…
    Geralmente eu rio quando vejo algo que considero besteira, mas essa aí foi maldade.

  7. @Rafaela

    Quase me pegou quando disse que não era cientóloga… rs.

    “Eu conheço uns cientólogos (dois católicos e um judeu, por sinal – eles me disseram uma vez que para ser cientólogo vc não tem que abrir mão de sua religião o_o), e perguntei a ELES o que eles achavam desses mandamentos que escreveram aí…
    Eles disseram que não sabiam se deviam rir ou chorar… rir de tamanho absurdo ou chorar ante a maldade de inventar aquilo dizendo que era da religião deles… (Eles até mesmo me disseram, chateados, que um dos preceitos da cientologia, pelo contrário, é respeitar as outras religiões, e ter integridade) –> ponto pra eles”

    Fale com seus “amigos” se um dia eles chegarem a OTIII, o que DUVIDO muito.

  8. Vê-se mesmo que o Marcos está aqui para vender o peixe dele, a julgar pela extensão exaustiva do texto e pela forma como nega as acusações que chovem sobre a Cientologia. A seita sempre usou a estratégia da negação quando se depara com acusações não demonstradas fisicamente. Essa é uma estratégia básica que usa para a sua própria sobrevivência (por isso ela não gosta de divulgar para o exterior o que ela faz por dentro). Só quem está lá dentro, sabe realmente como a Cientologia é na verdade. Eu já estive e sei perfeitamente que o Marcos está a mentir com todos os dentes que tem. Abandonei a seita depois de ter sido assediado sexualmente várias vezes pelo meu auditor e desde então ainda me perseguem (vi o mesmo auditor a assediar outros). Tentei apresentar queixa contra ele, aqui em Portugal, e nada foi feito até hoje para o deter (Ele simplesmente desapareceu sem eu saber como).

  9. auhuhauhauhauhauha, Religião doida essa… tu pode mentir, pode “desfaser dos outros sem nenhum pessar” e até parar de ver tv, radio e so conversar com pessoas da msma seita, se for mesmo é bom o Tom Cruiz já pensar em uma outra profissão em, monge enclausurado talvéz. auhhuauhauhauh

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s