A História de Gerald Armstrong

Clique AQUI para abrir o índice dos posts mais importantes a respeito da organização criminosa autodenominada religião (Quem foi seu fundador L. Ron Hubbard, O Grande Segredo da Cientologia, Operações Criminosas Conduzidas pela Organização)

Gerry Armstrong

Gerry Armstrong, com seu boné de "Wog" (termo usado pelos cientologistas para indicar aquele que não é iniciado na organização)

Gerald Armstrong, conhecido pelos amigos como Gerry, é ex-membro da Igreja da Cientologia (“Church of Scientology) e atualmente um dos críticos mais ativos da organização criminosa.

Gerry foi membro da organização por mais de 12 anos, de 1969 a 1981. Por 11 anos, ele esteve no braço pseudo-militar da organização, a “Sea Organization” (Sea Org). Dentre os cargos que assumiu dentro da organização, estão incluídos o de “Legal Officer” (Executivo Legal), “Public Relations Officer” (Executivo de Relações Públicas) e “Intelligence Officer” (Executivo de Inteligência) no navio “Flagship Apollo“, de onde a Cientologia era gerenciada e controlada internacionalmente. Gerry trabalhou diretamente com L. Ron Hubbard dentro do navio e posteriormente na Flórida e na Califórnia.

Em seus últimos anos dentro da organização, Gerry foi encarregado de organizar os documentos pessoais de L. Ron Hubbard para a elaboração de uma nova versão de sua biografia.

Como parte de sua tarefa, Gerry solicitou à US Navy (Marinha dos Estados Unidos) que fornecesse cópias de seus arquivos sobre Hubbard, inclusive seu histórico universitário da George Washington University.

Durante sua análise dos documentos, Gerry descobriu que L. Ron Hubbard havia mentido sobre quase tudo a respeito de sua vida, incluindo sua escolaridade, família, viagens de exploração, serviço militar, ferimentos de guerra e pesquisas científicas, dentre outras informações. Gerry também descobriu as verdadeiras ações e intenções das organizações que Hubbard havia criado para vender a Dianética e a Cientologia.

Dentre seus achados, Gerry descobriu que Hubbard não havia se formado como físico nuclear, como inexplicavelmente a organização afirma até os dias de hoje, e que ele havia cursado apenas dois anos da faculdade de engenharia, tendo sido reprovado na única matéria de física moderna e atômica que estudou na vida, jamais se formando em um curso superior. Os arquivos da Marinha mostravam que Hubbard nunca havia sido promovido para Comandante de Corvetas no Norte do Oceano Pacífico, e que seu último posto havia sido o de tenente.

Boletim Acadêmico de Hubbard

Boletim Acadêmico de Hubbard

Quando Gerry entregou o relatório de seu trabalho para os mais altos executivos da organização, ele foi humilhado e submetido a centenas de horas de “sec check” (“security check” – checagem de segurança), que é uma técnica de interrogatório invasivo e incriminatório utilizando o E-meter como um detector de mentiras. L. Ron Hubbard pessoalmente mandou Gerry para o “Rehabilitation Project Force” (RPF – Corpo do Projeto de Rehabilitação), que são os campos de punição e reprogramação da organização, onde passou 25 meses no total. Após todos esses abusos, Gerry decidiu abandonar a Cientologia.

Em 1982, Gerry foi declarado uma pessoa supressiva, e desde então é vítima da perseguição da organização.

PERSEGUIÇÃO DA ORGANIZAÇÃO

Temendo pela sua própria segurança e a segurança de sua esposa, em razão da política de “Fair Game” da Cientologia, e se tornar um alvo de processos judiciais ou agressões físicas, ele encaminhou ao seu advogado cópias de todos os documentos que ele havia sido encarregado de organizar.

Gerry também temia que a organização destruísse todos os documentos que ele havia obtido durante seu trabalho e o acusasse de falsificação de documentos para desacreditar o fundador da seita.

A transferência dos documentos sobre Hubbard para o advogado de Gerry levou a organização a entrar com uma ação contra Gerry, que recebeu o nome de “Church of Scientology of California vs. Gerald Armstrong” (Igreja da Cientologia da California vs. Gerald Armstrong). A sentença final do processo decidiu que o medo que Gerry tinha de ser perseguido pela organização era plausível, bem como sua decisão em entregar os documentos para seu advogado:

“… a corte entende que a invasão era certa, e as razões e justificativas para as atitudes do defensor manifestas. A Cientologia disse para o defensor contratar um advogado. Ele foi declarado um inimigo pela Igreja. Ele acreditou, com razão, que estava sujeito ao “Fair Game”. A única forma de defender-se a si mesmo, sua integridade e sua esposa foi colocar o que tinha disponível em um “porto seguro”, no caso, aos cuidados de seu advogado.”

“Além de violar e abusar dos direitos civis de seus próprios membros, durante anos a organização tem assediado e abusado de pessoas fora da Igreja que sejam consideradas inimigas, através de sua doutrina de `Fair Game´. A organização é claramente esquizofrênica e paranóica, e esta bizarra combinação aparenta ser um reflexo de seu fundador LRH. As evidências apontam para um homem que tem sido virtuosamente um mentiroso patológico com relação à sua história, passado e suas conquistas. Adicionalmente, as escritas e documentos em evidência refletem seu egoismo, ganância, avareza, luxo pelo poder e vingatividade e agressividade contra pessoas vistas por ele como desleais ou hostis.” – Juiz Paul Breckenridge, Corte Superior de Los Angeles.

Gerry continua sendo vítima do “Fair Game” e da perseguição dos advogados da organização. Para tentar escapar, mudou-se para o Canadá, e posteriormente para a Alemanha, país em que a organização é oficialmente monitorada por órgãos de segurança pública, onde vive atualmente com sua noiva Caroline Letkeman.

Clique AQUI para abrir o índice dos posts mais importantes a respeito da organização criminosa autodenominada religião (Quem foi seu fundador L. Ron Hubbard, O Grande Segredo da Cientologia, Operações Criminosas Conduzidas pela Organização)

Advertisements

3 thoughts on “A História de Gerald Armstrong

  1. como posso pedir socorro? minha filha e brasileira foi pra os eua pra trabalhar terminou por entra em depressao uma amiga levou ela pra esse lugar fizeram regresao e outras coisas e terminaram por colocar na cabeça dela q ela tem q nao manter mais contato com nenhum de familia pq nenhum de nos presta nem a ama de verdade so eles ela parou de se comunicar com tds nao manda mais noticias disse q era pra nos fazer q ela morreu estou em desespero nao sei o pode ter acontecido com ela nao pude ir meu visto foi negado pq ela esta ilegal no pais nao posso socorrer ela . ela mora atualmente em new gersey na terrill rd plainfuld vcs podem me ajudar?
    aleide

  2. Aleide, infelizmente isto é comum e é um dos motivos pelo qual lutamos contra a seita, porém há pouco que podemos fazer nessa situação. Há muitos outros pais que perderam seus filhos para essa organização criminosa, e tentam recuperá-los a anos. O primeiro passo é tentar descobrir onde ela está, coisa que não será fácil. A seita geralmente esconde suas vítimas que se desconectam da família. O segundo passo seria tentar contactar o consulado brasileiro ou as autoridades americanas, mas sua filha poderá acabar presa e depois extraditada de volta para o Brasil. É uma atitude drástica, mas infelizmente não vejo uma forma amigável de trazê-la de volta caso ela tenha sofrido lavagem cerebral. Se ela estiver arrependida e tentando voltar, é muito provável que eles tenham confiscado o passaporte dela, e ela esteja em constante vigilância, como foi o caso da filha dos Anderson da Austrália. Caso queira discutir isso com outras pessoas na mesma situação, recomendo os fóruns http://forums.whyweprotest.net/ ou http://www.forum.exscn.net/index.php , mas é necessário falar em inglês. Não desanime nunca. Desejamos que tudo dê certo para você e sua família, se pudermos ajudar em algo é só avisar.

  3. simplesmente a dianetica não pasa de um imples metodos ue funciona mai no prayico do ue teorico.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s