Quem foi L. Ron Hubbard?

Clique AQUI para abrir o índice dos posts mais importantes a respeito da organização criminosa autodenominada religião (O que é Cientologia, Dianética, O Grande Segredo da Cientologia, Operações Criminosas Conduzidas pela Organização)

A Cientologia, durante as últimas décadas, apresentou diversas biografias a respeito de seu fundador, Lafayette Ronald Hubbard, também conhecido por L. Ron Hubbard ou simplesmente LHR. Muitas dessas biografias, por vezes contraditórias, continham e contém informações que vão da fantasia ao exagero e mentira descarada.

Com a ajuda dos arquivos públicos da Marinha dos Estados Unidos e cópias de seus boletins acadêmico que vieram a público no caso “Church of Scientology of California vs Gerald Armstrong” e outros processos judiciais, biografias não autorizadas, depoimentos de ex-cientologistas (incluindo de seu próprio filho L. Ron Hubbard, Jr.) e outros documentos disponíveis ao público em geral com base no Ato da Liberdade de Informação, quase toda sua biografia oficial já foi desmistificada com o surgimento da verdade.

Escrever a um centavo por palavra é ridículo. Se um homem realmente quer ganhar um milhão de dólares, o melhor caminho é iniciar sua própria religião.”

Não é pouca a verdade quando se diz que a sociedade estará perdida quando ela perder sua ganância, pois sem a fome – por poder, dinheiro ou fama – servindo como chibata, o Homem afunda em uma preguiçosa cegueira e, satisfeito ou não, estará perdido.
– L. RON HUBBARD, “Ganância”, Astounding Science Fiction, Abril de 1950.

L. RON HUBBARD SEGUNDO AS BIOGRAFIAS OFICIAIS

As biografias oficiais de L. Ron Hubbard são escritas com base, quase que exclusivamente, em afirmações feitas pelo próprio ou a ele atribuídas.

Segundo a Cientologia, L. Ron Hubbard foi Físico Nuclear, Escritor, Jovem Aventureiro, Filantropo, Educador, Administrador, Artista, Filósofo, Comodoro dos Mares e Herói de Guerra, Irmão de Sangue dos Índios Blackfeet, mais jovem Escoteiro Águia da história e herdeiro de um imóvel rural com mais de 56 mil km2.

L. Ron Hubbard

L. Ron Hubbard

L. Ron Hubbard, fundador da Cientologia

L. Ron Hubbard

L. Ron Hubbard

L. Ron Hubbard

Dentre as informações prestadas publicamente pela organização no passado ou atualmente estão as seguintes:

– Ele teria recebido educação em Física Nuclear;

No prefáfio do seu livro Ciência da Sobrevivência (Science of Survival – 1951, L. Ron Hubbard agradece ‘(seus) instrutores em fenômenos atômicos e moleculares da Universidade George Washington e Princeton’, como se ele tivesse cursado especificamente física nuclear nessas universidades.

Em diversos websites oficiais da organização, ainda é possível ler que “após retornar aos EUA em 1929, Hubbard reassumiu seus estudos em matemática, engenharia e uma nova ciência chamada física nuclear…”

O curso feito por L. Ron Hubbard em Princeton foi um curso de quatro meses de administração militar na Escola de Treinamento Naval, ministrado na Universidade de Princeton durante a Segunda Guerra Mundial.

Na realidade, como comprovam os documentos que vieram a público no caso “Church of Scientology of Californa vs. Gerald Armstrong”, L. Ron Hubbard cursou apenas dois anos da faculdade de engenharia na Universidade de George Washington, tendo reprovado na única matéria de física que cursou na vida.

– Aos seis anos de idade, ele teria sido honrado com o título de Irmão de Sangue dos índios Blackfeet, em uma cerimônia que ainda é lembrada pelos índios mais velhos da tribo;

O historiador de cultura indígena Hugh Dempsey declarou que os Blackfeet nunca adotaram a tal cerimônia. O ex-vice-presidente da Comissão Executiva Tribal, John Yellow Kidney, disse para o jornal Los Angeles Times: ‘não dê muita credibilidade (ao documento da Cientologia). Eu não dou’.

O cientologista Richard Mataisz, que tem sangue indígena, elaborou um documento tentando reestabelecer o status de L. Ron Hubbard com os Blackfeet, mas por fim admitiu que não encontrou nada que comprovasse tal alegação.

– Ele teria sido o mais jovem “Scout Eagle” (título de honra) na história dos escoteiros;

– Dos 14 aos 18 anos de idade, entre 1925 e 1929, ele teria se tornado um jovem aventureiro (aquele que viaja pelo mundo) ao viajar por diversas vezes pela costa da China. Seu pai havia sido enviado para o extremo oriente, e com a ajuda de seu avô milionário, ele teria passado aqueles anos viajando pela Ásia, estudando com homens santos da China, Índia e Tibet.

L. Ron Hubbard de fato visitou a China, quando seu pai estava lotado na base naval de Guam, entretanto seu diário daquele período não menciona esse seu despertar espiritual. Ao contrário, o diário mostra um jovem ocidental intolerante, com pouco conhecimento a respeito de culturas ou raças diferentes. Ele descreveu os templos lama como “peculiares e insalubres”. Após visitar a Grande Muralha da China, ele fez a seguinte anotação: ‘se a China a transformasse em uma montanha russa, ela faria milhões de dólares todo ano’. Ele também descreveu as “raças amarelas” como “simplórias e desorientadas”. Ainda segundo seu diário, “o problema da china é que tem muito ‘chinks’ aqui” (chinks é um termo pejorativo em inglês que se refere a orientais).

– Sem qualquer treinamento, ele teria pilotado aviões fazendo apresentações pelo meio-oeste americano;

– Sua família teria sido proprietária de um rancho do tamano de 1/3 (ou 1/4 de acordo com algumas biografias) do Estado de Montana;

Na realidade, esse avô rico era na verdade era um modesto veterinário. Na foto abaixo, Lafe e Ida Waterbury, com Lenora, mãe de Hubbard, por volta de 1880 em Tilden, Nebrasca. (Fonte: The Bare-Faced Messiah).

Lafe e Ida Waterbury, com sua filha Ledora (mãe de L. Ron Hubbard)

Lafe e Ida Waterbury, com sua filha Ledora (mãe de L. Ron Hubbard)

– A primeira coisa que fez ao sair da faculdade teria sido liderar expedições pela América Central. Nos anos seguintes, ele teria liderado três expedições, todas elas com o objetivo de estudar comunidades e culturas selvagens para coletar informações para seus artigos e histórias. Entre os anos de 1933 e 1941, ele teria visitado muitas culturas bárbaras e ainda assim teria encontrado tempo para escrever sete milhões de palavras publicadas;

Em junho de 1932, L. Ron Hubbard liderou apenas a ‘Expedição Caribbean Motion Picture’, uma viagem de dois meses e meio por 8 mil kilômetros na escuna de 200 pés chamada ‘Doris Hamlin’, com cerca de 50 colegas universitários. O objetivo da expedição era coletar espécimes de flora e répteis para a Universidade de Michigan e filmagens. A viagem foi um desapontamento, sendo que 3 dos 6 portos programados foram cancelados.

– Ele teria sido o produtor de 14 filmes;

– Quando estava na Marinha, ele serviu no Sul do Pacífico, e em 1942 seu comando teria sido substituído por 15 oficiais de alto escalão, e ele teria sido enviado para ser o Comandante de Corveta na famosa batalha contra submarinos alemães no norte do atlântico, em 1942. Em 1943, ele teria sido promovido para Comodoro de Esquadrões de Corvetas, e em 1944 trabalhado com forças anfíbias. Após ter servido em todos os cinco campos de batalha da Segunda Guerra Mundial e ter recebido 21 medalhas e comendações, em 1944 ele teria sido ferido, sendo levado aleijado e cego para o Hospital Naval Oak Knoll.

Segundo os documentos da Marinha norte-americana, a vida militar do Tenente L. Ron Hubbard teve dois grandes momentos: em maio de 1943, durante uma viagem até San Diego, L. Ron Hubbard atacou o que pensou ser dois submarinos inimigos, a 16 quilômetros da costa do estado de Oregon, sendo que outros oficiais afirmaram que nunca se comprovou a existência desses dois submarinos, e outro momento foi em junho do mesmo ano, quando ele fez de disparos de canhões no México sem autorização, quase acertando um hotel, o que o levou a perder o posto de comando do navio PC-815 (que devido aos fatos narrados foi apelidado de caça-submarinos azarado).

Os registros militares da Marinha norte-americana apontam apenas quatro medalhas para o Tenente L. Ron Hubbard: a Medalha Americana de Serviço de Defesa (American Defense Service Medal), concedida a todos os marinheiros de serviço no dia do ataque a Pearl Harbor, independentemente de onde eles se encontravam, a Medalha Americana de Campanha, a Medalha de Campanha do Pacífico Asiático e a Medalha de Vitória em Guerra Mundial, todas concedidas a todos que serviram a Marinha durante a Segunda Guerra Mundial.

– Ele teria passado 11 ou 12 anos pesquisando a Dianética.

Além da publicação de suas próprias “descobertas”, não há nenhuma prova, anotação, documento, gravação de áudio, declaração de terceiros ou testemunha de que ele realmente fez essas pesquisas.

O VERDADEIRO L. RON HUBBARD

Lafayette Ronald Hubbard nasceu em Tilden, Nebraska, em 10 de março de 1911. Filho de um oficial da Marinha Americana, ele estudou em escolas públicas em Montana, California, Washington e Virginia.

De 1930 a 1932, ele cursou Engenharia na Universidade George Washington, em Washington, D.C.

Apesar de que mais tarde ele diria a todos ter graduado-se em cursos avançados de ciências e engenharia, a média de suas notas durante o primeiro ano foram D (abaixo da média). Seu segundo e último ano na faculdade continuou um fracasso. Ele recebeu um D em cálculo e física elétrica e magnética, e um F (reprovação) em física molecular e atômica. Ele nunca se formou ou voltou a estudar em um curso oficial após isso.

Boletim Acadêmico de Hubbard

Boletim Acadêmico de Hubbard, que veio a público no processo "Scientology vs Armstrong"

Hubbard teve uma carreira de relativo sucesso como escritor de contos populares, notadamente suas histórias de ficção científica, mas isso não o deixou financeiramente confortável.

Battlefield Earth, levado às telas por John Travolta, um dos muitos livros de L. Ron Hubbard

Battlefield Earth, levado às telas por John Travolta e considerado o pior filme da década, incluindo o pior drama dos últimos 25 anos do site Razzies (especializado em este tipo de premiação)

De 1942 a 1945, ele serviu na Marinha Americana, mas nunca participou de um combate.

Conforme os documentos fornecidos pela Marinha americana, ele devia U$ 130,75 de um uniforme militar. Ele também tinha uma dívida com a Ryders, na Austrália (o documento da Marinha não especifica montante devido), e U$ 265,00 (após alguns descontos) para o The First National Bank of Ketchukan.

Uniforme

Uniforme

Ryders

Ryders

Banco

Banco

Em 1950, o ‘físico nuclear’, L. Ron Hubbard publicou as primeiras linhas da Dianética na revista de ficção científica ‘Astounding Science Fiction’. Isaac Asimov, que também publicava histórias na ‘Astounding’, criticou a falta de aspectos científicos na teoria de L. Ron Hubbard.

Seu livro Dianética: A Ciência Moderna da Saúde Mental, publicado um mês depois, tornou-se um “best seller”, e em poucos meses ele criou a Fundação Hubbard de Pesquisa da Dianética (“Hubbard Dianetic Research Foundation”), para dar cursos sobre as técnicas de cura que ele afirmava ter descoberto. Com o fracasso e fechamento da fundação, que entrou em colapso e falência, ele fundou a Faculdade Hubbard (“Hubbard College”).

Em 1952, Hubbard criou a Associação Internacional Hubbard de Cientologistas (“Hubbard Association of Scientologists International”), que absorveu a organização anterior.

Hubbard autoproclamou-se Comodoro, adquiriu diversos navios e passou os anos seguintes viajando pelos mares, em especial no seu navio batizado de “Apollo”.

Em 1953, a criação da Igreja da Cientologia absorveu a Associação Internacional Hubbard de Cientologistas.

A vida adulta de L. Ron Hubbard foi bastante conturbada. Ele casou-se 3 vezes, tendo contraído matrimônico com a segunda mulher antes de se separar da primeira mulher.

L. Ron Hubbard teve diversos filhos com duas de suas esposas. Com a primeira esposa, teve os filhos Catherine e L. Ron Hubbard Jr. Com a última esposa, Mary Sue Hubbard, teve os filhos Diana, Quentin, Aurther e Suzette. Sua esposa Mary Sue, que na época era uma das executivas do alto escalão da Cientologia, foi presa e cumpriu quatro anos em prisão federal, juntamente com outros 10 cientologistas do alto escalão, por invasão a 136 órgãos governamentais e privados, escutas clandestinas, furto de documentos públicos, dentre outros crimes cometidos durante a Operação Snow White, planejada por L. Ron Hubbard e executada pelo Guardian’s Office para “desaparecer” com documentos considerados desfavoráveis à organização e ao próprio Hubbard.

Teoricamente, Hubbard teria desistido de seu papel como líder da organização em 1966, mas na realidade ele continuou controlando-a com mão de ferro, até morrer em reclusão, na cidade de Creston, California, em 24 de janeiro de 1986.

Clique AQUI para abrir o índice dos posts mais importantes a respeito da organização criminosa autodenominada religião (O que é Cientologia, Dianética, O Grande Segredo da Cientologia, Operações Criminosas Conduzidas pela Organização)

Advertisements

7 thoughts on “Quem foi L. Ron Hubbard?

  1. Interessante, sei umas do bispo macedo e de padres da igreja católica que… Rsrsrsrs!!!

    vocês vão ficar estupefatos!

    tentei colocar links, mas não publicou.

  2. acesse o link que coloquei no meus nome “alguém na busca” ele te levará á um canal no youtube que divulga os videos/documentários.

  3. Não é de admirar, o desmascaramento do Sr. HUBBARD. Na realidade, há muitas histórias fictícias de figuras humanas que jamais existiram, a exemplo dos messias, incluindo o próprio Jesus Cristo, que ficou famoso na base do hearsay.
    De fato, já está comprovado que nenhuma religião conduz a lugar nenhum. Que as seitas, como invenções fajutas de alguns mercenários e espertinhos, só visam enganar a ignorancia da maioria iletrada existente no mundo.
    Os não incautos e não iletrados, visam a aumentar sua fortuna pois, como digo diuturnamente: O HOMEM INVENTOU DEUS(ES), DINHEIRO E PODER, PARA SER ILUDIDO POR ELES!

    Camaragibe, Pernambuco, Brasil
    26 de maio de 2006

  4. Artigo muito bem construído, com referências a documentos de L. Hubbard, comprovando que, no mínimo, há muitas mentiras envolvendo a cientologia.

    Discordo do comentário de WALTER B. SILVA, generalizando que “há muitas histórias fictícias de figuras humanas que jamais existiram”, citando Jesus Cristo.

    O homem se utilizar de pessoas como símbolos de importância, como Jesus Cristo e outros, para seu proprio proveito, isto é fato. No entanto, não se pode afirmar categoricamente que Jesus Cristo não existiu, ou mesmo outros, sem oferecer as devidas provas, pois você estaria se baseando nas mesmas evidências cegas que grupos e religiões como a cientologia oferecem a seus adeptos!

    Eu acredito que exista uma verdade. Acredito que muitas coisas fazem sentido na teoria de L. Ron Hubbard, mas é preciso conhecer para poder criticar, como aguns ex integrantes da cientologia já o fizeram, e entender assim todo o contexto.

  5. O comentário de 4/10/2010 está correto, Penso que só ouvindo as diversas opiniões poderemos chegar à nossa verdade.
    Não vejo nada de negativo ao querermos encaminhar positivamente a nossa mente, para que realmente ela compreenda que a nossa missão neste mundo tem vindo a ser subvertida e deveriamos dedicar o nosso saber a praticar o que Alguém ensinou: NÃO FAÇAS AOS OUTROS AQUILO QUE NÃO QUERES QUE TE FAÇAM A TI e ainda AMA OS OUTROS COMO A TI MESMO. Acho que realmente se assim acotecesse, não seria preciso dar tantos nomes ao nosso CRIADOR, e a nossa mente teria mais sossego..

  6. Deus criou o tempo e ele sempre traz as respostas mais cedo ou mais tarde.

    É dizem que quem crê que Jesus Cristo existiu é louco.

    Colombo disse que a terra era redonda e foi taxado de louco.

    Quando Bill Gates informou em que projeto trabalhava foi taxado de louco.

    Santos Dumont, Thomas Edison, Einstein e muitos outros foram taxados de loucos.

    Dizem que quem acredita em extraterrestre é louco(seria muita prepotência acharmos que estamos no universo sozinhos) – e o fato de existirem não colocaria em cheque a existência de uma força que comanda o universo(Deus) – Afinal toda criatura tem o seu criador.

    Quanto a quem criou Deus:

    Apocalipse 1:8 “Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.”

    Apocalipse 1:11 “Dizendo, eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o último:”

    Apocalipse 22:13 “Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro, o princípio e o fim.”

    Quantas coisas sobre a bíblia não se duvidavam que foram sendo confirmadas com descobertas arqueológicas.

    Jesus Cristo existiu e ainda existe, e um dia você vai descobrir seja nesta existência ou no outro plano que você também sempre existiu(alma) e sempre existirá.

    Você é um ser espiritual tendo uma experiência carnal.

    Ora, porque um homem conquista o mundo e mesmo assim ainda não esta satisfeito, conquista as mulheres mais bonitas e não se dá por satisfeito, etc.

    Meu amigo não somos desse mundo. O amadurecer com a idade causa muitos choques mas abre muitas portas.

    Quanto mais cedo os jovens procurarem pela espiritualidade mais cedo o planeta despertará para a verdade e se transformará. estude, pesquise, não aceite de primeira tudo o que quiserem lhe impor.

    Procure meditar(como os orientais) e descobrirá o que é uma mente quieta e uma verdadeira vida, além de talvez dependendo de sua fé obter as respostas para quem você é, para que você veio a este mundo e para onde vai.

    Quanto mais a ciência avançar mais se comprovará o que está escrito na bíblia, mas só quando o homem se descobrir um SER espiritual ele chegará a verdade.

    “Nada que vem de fora pode contaminar o homem, apenas o que vem de dentro”

    A ciência agora afirma que as emoções causam 80% das doenças físicas, isto já está escrito na bíblia de forma metáforica.

    Um padre ou pastor lê a bíblia, qualquer um lê ou a interpreta pelas LETRAS DO MUNDO, mas apenas os ESCOLHIDOS(preparados por Deus) recebem as revelações de seus mistérios que são milhares/milhões/bilhões. Quanto mais se aprende mais se tem a aprender.

    Quando orar, ore para que seu espírito seja fortalecido assim como sua mente não caia na ilusão do mundo e tudo que você se dedicar a conseguir conseguirá.

    eusouluz.com.br – este site tem muita coisa boa sobre a espiritualidade, mas há algumas coisas que se tratam de bitolação também. A verdade que liberta está dentro de nós.

    Mas com relação a interpretação de passagens bíblicas ele é muito bom e muitos de seus textos sobre reencarnação são bem consistentes(apesar que independente de reencarnação e ressurreição é sempre difícil para nós esta questão da espiritualidade devido as barbaridades que vemos todos os dias e a impotência de não podermos fazer nada e acharmos que Deus está de braços cruzados olhando tudo).

    É complicado, é necessário um grande conhecimento espiritual tanto para não se tornar um fanático religioso como para compreender como funciona a espiritualidade e aceitar o que não podemos mudar.

  7. Parabéns pelo artigo, muito bem feito, com referências! É isso que todo leitor quer e espera de um bom artigo para se ler. Cheguei até aqui buscando uma referência que foi dada na série Supernatural no penúltimo episódio da 9ª temporada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s